MITESS recebe mais de 9 milhões de dólares da Suécia

O Governo moçambicano, através do Ministério do Trabalho, Emprego e Segurança Social (MITESS), vai receber, um apoio financeiro do Reino da Suécia para financiar a implementação da Política de Emprego, a primeira na história do nosso país, que recentemente foi aprovado pelo Conselho de Ministros, após vários meses de auscultação pública em todo o país e validado, publicamente, em Conferência nacional em Maputo, em Maio último, cuja cerimónia foi dirigida pelo Chefe do Estado, Filipe Jacinto Nyusi.Trata-se de pouco mais de 9 milhões de dólares norte-americanos que a Suécia vai desembolsar para o efeito, cuja cerimónia de entrega foi feita pela Embaixadora daquele país nórdico em Moçambique, Irina Schoulgin Nyoni, através de assinatura do respectivo acordo, que contará com a presença da  ministra do Trabalho, Emprego e Segurança Social, Vitória Dias Diogo, do Director Sub-Regional da Organização Internacional do Trabalho (OIT) para Moçambique, Malawi e Zâmbia, Alexio Musindo, entre outros convidados.O dinheiro foi angariado pela OIT junto da Suécia, após Moçambique, durante o encontro de Vitória Diogo com o Directior-Geral deste organismo do sistema das Nações Unidas, especializado em assuntos laborais e sociais, Guy Ryder, em Genebra, em Junho de 2015, ter solicitado apoio visando o financiamento da elaboração da sua própria política de emprego, com cunho nacional, em que fosse reflectida a realidade local sobre a matéria. Na altura, a OIT prometeu trabalhar com Moçambique na perspectiva de ver tal pretensão concretizada, como está a acontecer.A ministra do Trabalho, Emprego e Segurança Social congratulou-se, na ocasião, pelo apoio que a OIT tem vindo a dar ao nosso país, através de inúmeros projectos, com destaque para os de apoio institucional, desde a segurança social, emprego e formação profissional, a fiscalização laboral e o diálogo social tripartido, para além da promoção do trabalho digno, sem se esquecer do apoio concedido no âmbito da elaboração da Política do Emprego (PE).A Suécia, é um tradicional parceiro de cooperação de Moçambique, que em matéria laboral e da administração do trabalho, tem vindo a assistir o país nas áreas técnicas, capacitação institucional e projectos de emprego e formação profissional.O director da OIT para a sub-região de Malawi, Moçambique e Zâmbia, está em Maputo, desde o princípio da semana, tendo, inclusive, participado do curso de capacitação dos parceiros sociais (empregadores e sindicatos) e do Governo, sobre o diálogo social, no âmbito da Comissão Consultiva do Trabalho (CCT). Em anexo o discurso de Sua Excelência Ministra do Trabalho, Emprego e Segurança Social